Hard fork do Bitcoin Cash cria duas novas moedas: Bitcoin ABC e Bitcoin SV


O hard fork ocorreu por motivos de escalabilidade do BTC Cash

Dia 15/11 ocorreu 2 hardforks na rede do Bitcoin Cash, um deles pelo BSV e o outro pelo BTC ABC. Esta última, a mais popular modalidade de implementação do Bitcoin Cash. O hardfork pretendeu adicionar ferramentas de Smart Contracts ao protocolo. No entanto, as duas implementações, tanto do Bitcoin ABC, quanto do BSV, são incompatíveis, daí o “garfo” ocorrido.

O hardfork tem em seu âmago também, antigas rixas entre Roger Ver e Craig Wright, o “Fake Satoshi”, cada qual apoiando um lado do fork. No momento, o calcanhar de Aquiles das Exchanges é avaliar qual sistema se adequa melhor ao mercado.

Forks – o que são?

Há, basicamente, três tipos de garfos em uma rede: Fork, Soft Fork e Hard Fork. Trataremos aqui dos dois últimos e em especial o Hard, em quastão.

Soft fork é uma aplicação mais leve no protocolo de uma moeda, a qual por sua capacidade é possível restringir certas regras de consenso nos nódulos, os chamados full nodes de mineração da rede. Este processo de atualização simples de criptomoedas, à semelhança de qualquer sistema cibernético, chama-se Soft Fork.

Hard fork

Hard fork, por sua vez, é uma alteração mais profunda e substancial que de certa forma abranda as regras dos nodos existentes nas criptomoedas. Isto porque estes utilizam um conjunto de blocos que têm suas regras renovadas a ponto de funcionarem novamente, com regras posteriores ao Hard Fork, caso seja um consenso de toda a comunidade de programadores de full nodes ou mineradores.

Neste caso, a moeda continua sendo uma só, por exemplo, Bitcoin). Se não haver consenso entre todos os envolvidos, é criada, dentro da blockchain, uma nova moeda. Do Bitcoin original, saíram em 2017, o Bitcoin Cash e Gold. Agora, com o hard fork do BTC Cash, nasceram o BSV e o ABC.

Novas moedas a partir do Fork do Bitcoin Cash

Na quinta-feira o primeiro bloco das cadeias da BCHABC, do Bitcoin Cash, e o BCHABC, do Bitcoin ABC, foram minerados. Conforme o CoinMarketCasp, o volume de ambos estão quase iguais: USD 48 milhões para o SV e USD 44 milhões para o ABC.
Como o mercado está reagindo
De acordo com o Coinmarketcap, o volume negociado está bem parelho. Do lado SV, US$ 48 milhões foram movimentados contra US$ 44 milhões do ABC.
Quanto à especulação de qual criptomoeda vencerá, a consideração é que estão se desfazendo do SV no intuito de ficarem apenas com o ABC. Aguardemos as próximas semanas.

Lucas Daniel – direto da Bitconf, em Fortaleza-CE

Anterior Dilson Resende será o Secretário de Agricultura do DF
Próximo Brasília terá primeiro empreendimento do Brasil com carregadores para carros elétricos em todas as unidades