17.5 C
Brasília
-Publicidade -
- Publicidade -

Ação natalina beneficiou mais de 1,5 mil pessoas no Hospital de Base do DF

Celebração promovida pela Rede Feminina de Combate ao Câncer de Brasília contou com entrega de cestas básicas, panetones, frutas e uma galinhada especial

Mais de 1,5 mil pessoas, entre pacientes e acompanhantes, foram beneficiadas na ação social em celebração ao Natal realizada no Jardim do Hospital de Base do DF (HBDF) nesta quarta-feira (22). Foram distribuídos 1000 panetones, 1000 cestas básicas, doces, frutas e brinquedos. No almoço, foram servidos 40 quilos de galinhada. Toda a programação foi preparada especialmente pela Rede Feminina de Combate ao Câncer de Brasília, grupo voluntário que atua no hospital há mais de duas décadas e que conta com o apoio do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do DF (IGESDF).

“É o segundo ano consecutivo que participo dessa confraternização. Acho que é uma iniciativa muito boa, um gesto de amor e de carinho que eles têm pelos pacientes. E ajuda muito”, conta Gilson Oliveira Santos, 33 anos, que veio da Bahia há dois anos para fazer tratamento de câncer (leucemia) no Hospital de Base. O paciente ganhou uma cesta básica e aprovou a galinhada, que também foi servida ao tio dele, José Oliveira.

Na luta contra o câncer de mama há dois anos, a paciente Aparecida Adriana Messias Ferreira, 39 anos, também levou para casa uma cesta básica. Ela é uma das pacientes apoiadas pela Rede Feminina. “Foi essencial para minha vida o apoio das voluntárias. Sou tratada com muito carinho e respeito. Elas sempre estão dispostas a ajudar. Hoje eu comi da galinhada e agradeço”, disse, ao também elogiar a equipe de profissionais de saúde do hospital.

“Hoje é um dia muito especial para o nosso paciente oncológico do Hospital de Base. Distribuímos muitos alimentos, mas os principais itens doados foram o amor de coração e o nosso ombro amigo. Agradeço a Deus, aos gestores do IGESDF que nos apóiam, aos trabalhadores e, especialmente, aos nossos pacientes. É por eles que estamos fazendo esse trabalho”, disse a coordenadora da Rede Feminina.

A presidente da Rede Feminina, Maria Thereza Falcão, lembrou que o grupo atua há 25 anos dentro do Hospital de Base. “Esse é um grupo maravilhoso. As pessoas que trabalham na Rede Feminina como voluntárias têm um amor de emocionar todas as pessoas que aqui chegam e são acolhidas”, ressaltou.

O superintendente do Hospital de Base, Paulo Cortez, ao lado do diretor de Atenção à Saúde, Nestor Francisco Miranda Júnior, agradeceu pelo trabalho dos voluntários. “Temos muitos voluntários que estão aqui, mas também temos colaboradores anônimos que fazem as doações para ajudar os pacientes do hospital. Agradecemos de coração, porque esse trabalho permite ajudar dezenas de pacientes que passam por aqui”, ressaltou.

AJUDE A REDE FEMININA

A Rede Feminina de Combate ao Câncer tem sede fixa no Hospital de Base e presta assistência gratuita a pacientes com câncer de câncer em vulnerabilidade social. São 270 voluntários que atuam em aproximadamente 30 projetos somente no IGESDF. Entre eles estão: bazar, cesta básica, projeto beija-flor, acolhimento, prótese mamária, apoio ao leito, oficina de perucas, farmacinha, café da manhã para pacientes, lanche da tarde para acompanhantes, ombro amigo, passe livre, oficinas de artesanato, doação de lenços, remédios e kits de higiene.

 

Para ajudar, basta entrar em contato:

(61) 3315-1278 e (61) 98421-7268

rede@redefemininabrasilia.org.br

Segunda a sexta, das 7h30 às 12h e das 14h às 16h30

 Fotos e texto: Ailane Silva/Ascom IGESDF

- Publicidade -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Últimas notícias