Presidentes do Brasil e do Chile assinam novo acordo comercial


Acordo aconteceu em Santiago, capital chilena

Brasil e Chile assumiram compromissos em 24 áreas não tarifárias, na capital chilena, Santiago. o acordo vai fortalecer o livre comércio entre Brasil e Chile. A cerimônia de assinatura foi acompanhada pelos presidentes Michel Temer e Miguel Juan Sebastián Piñera.

Os países tinham um acordo desde 1996 que zerou as tarifas. Agora, o acordo dará um incentivo e uma maior previsibilidade para o colóquio comercial. O texto foi assinado pelos ministros Marcos Jorge (Ministério do Desenvolvimento) e Aloysio Nunes (Itamaraty), do Brasil. No lado chileno, o chanceler Roberto Ampuero assina o acordo.

“Passados mais de vinte anos desde a assinatura do acordo de 1996, que eliminou as barreiras tarifárias nos fluxos entre Brasil e Chile, constatamos a necessidade de aprofundar a redução de entraves não tarifários e de refletir novas dimensões do comércio internacional”, disseu o ministro Marcos Jorge.

Ademais, disse ele que “será a primeira vez que o Brasil, em acordos bilaterais, se compromete com temas como comércio eletrônico, boas práticas regulatórias, cadeias regionais e globais de valor, além de comércio e gênero, meio ambiente e assuntos trabalhistas”, arrematou na ocasião.

Conforme o secretário de Comércio Exterior do Brasil, Abrão Neto, este acordo fomenta novas regras com vertentes que vão ajudar a ampliar trocas comerciais e investimentos bilaterais. Conforme sus fala: “Esse acordo servirá como referência para diversas negociações das quais o Brasil participa ou venha a participar”.

O Itamaraty disse ainda que este acordo entre Brasil e Chile vai regular diversas questões, e que este é o mais ambicioso que a Organização Mundial do Comércio (OMC) já prevera.

Anterior Receita Federal publica norma implementação de uso da Blockchain na Administração Pública Federal
Próximo Tempo de espera por remédio em farmácia de alto custo chega a 4 horas