Por que cada esperma tem um cheiro e gosto diferentes?


Pelo mesmo motivo que cada pessoa tem cheiro e sabor diferentes. Somente 1% da ejaculação de um homem é composta por espermatozóides. Os outros 99% são proteínas, vitaminas, sais minerais, frutose e outros ingredientes. Os níveis desses ingredientes no corpo dependem, entre outros fatores, da alimentação do cara.

Existem vários estudos em andamento, que pretendem desvendar a melhor dieta para um sabor seminal mais agradável, mas nenhum deles está em fase conclusiva. No entanto, de acordo com o Casal Sem Vergonha, a sabedoria popular de quem já experimentou pode dizer que sim, o gosto muda.

– Homens que não comem carne teoricamente teriam um gosto mais suave e neutro do que os carnívoros;

– Cafeína, cigarro, comidas gordurosas e álcool são conhecidos por acrescentar um sabor mais forte ao esperma;

– Frutas são conhecidas como as salvadoras da pátria nesse quesito. Acredita-se que acrescentar uma fruta em cada alimentação (café da manhã, lanches, almoço e jantar) ajuda a neutralizar o gosto.

É importante lembrar que nenhuma dieta vai deixar o esperma com gosto de Nuttela, bacon ou morango. Esperma sempre terá gosto de esperma, seja ele qual for. A alimentação pode ter o poder de melhorar o gosto, não de fazer com que o homem ejacule leite condensado.

Uma coisa interessante sobre o sêmen é que a sua textura e volume podem variar de acordo com a frequência ejaculatória do moço. Aquele que transa ou se masturba menos, tende a ejacular mais, com uma concentração maior de proteínas e consistência mais densa. Homens que ejaculam com mais frequência, tendem a possuir a secreção mais rala com sabor mais aguado e neutro.

Anterior Cotas para negros em concursos do DF
Próximo Veja nove causas do mau odor na região íntima e como evitar o problema