Futuro secretário de Fazenda do DF: “Vamos revisar a carga tributária” Equipe de transição se reuniu na manhã desta sexta-feira (30/11) com representantes do Sindiatacadista no CICB POLÍTICA


Em reunião com representantes do Sindicato do Comércio Atacadista do Distrito Federal (Sindiatacadista) na manhã desta sexta-feira (30/11), no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), a equipe de transição do governador eleito Ibaneis Rocha (MDB) assumiu o compromisso de revisar a carga tributária, os benefícios fiscais, as alíquotas e os processos para diminuir burocracias para o setor.

Segundo o futuro secretário de Fazenda, André Clemente, o governo do DF precisa dar mais apoio ao setor para criar mais competitividade. “O segmento demanda competitividade, segurança jurídica, carga tributária justa, infraestrutura e capacidade de mão de obra”, comentou.

Ainda de acordo com o próximo responsável pela pasta, a equipe de transição firmou o compromisso de mapear as áreas de desenvolvimento econômico oferecendo infraestrutura para que “quem está aqui possa crescer e quem é de fora tenha interesse em investir aqui”.

Também participaram da reunião, o coordenador do grupo, o próximo vice-governador, Paco Britto (Avante); o senador eleito e deputado Izalci Lucas (PSDB); e o presidente do sindicato, Júlio Iracaramby.

Anterior Morador de Águas Claras fatura R$ 500 mil em sorteio do Nota Legal
Próximo Dado Villa-Lobos e filho de Renato Russo em mais um embate