12.5 C
Brasília
segunda-feira, maio 27, 2024
-Publicidade-spot_img
spot_img

Brasília detém o maior PIB per capita do País

RELACIONADOS

Brasília permanece com o maior Produto Interno Bruto (PIB) do País, por indivíduo, em 2016. A capital brasileira atingiu R$ 79.099,77 no PIB per capita. O valor é 2,6 vezes maior do que o nacional, de R$ 30.411. Os dados foram levantados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em parceria com órgãos estaduais de estatística. A instituição oficial do sistema de contas regionais de Brasília é a Companhia de Planejamento do DF (Codeplan), que apresentou as informações nesta sexta-feira (16).

No Brasil, a variação brasiliense do índice teve aumento de 3,6% para 3,8%, entre 2015 e 2016. Foi a segunda maior entre as unidades da Federação, abaixo apenas de Roraima (0,2%). No mesmo período, o PIB nacional teve retração de 3,3%.

No ranking geral, Brasília acumulou, em 2015, R$ 235,497 bilhões no PIB, o que o manteve na oitava colocação no País, com participação de 3,8% em relação ao PIB do Brasil, de R$ 6,267 trilhões. A liderança é de São Paulo com 32,5%, seguido do Rio de Janeiro (10,2%) e Minas Gerais (8,7%). O último lugar é de Roraima (0,2%). Esses 3,8% são compostos por crescimento no setor de serviços, com variação positiva de 0,6%, queda de 4,7% na indústria e de 3% na agropecuária.

Serviços, o principal setor da economia no DF, ganhou participação relativa, saindo de 94,3% para 94,9%, no mesmo período. No Brasil, houve contração de 2,3%. As atividades que mais cresceram foram domésticas (14,2%), educação e saúde mercantis (9,7%), e financeiras, de seguros e serviços relacionados (4,7%).

De acordo a chefe do Núcleo de Contas Regionais da Codeplan, Sandra Regina Silva, apesar do número alto para serviços domésticos, o percentual não interferiu no resultado geral. “Essa atividade ainda tem pouco peso na economia”, disse.

A soma

O PIB é a soma dos valores da produção de bens e de serviços ao consumo intermediário e aos impostos. Para medir os números, o IBGE e a Codeplan analisam uma série de dados desde 2010 para criar um comparativo entre os resultados anuais.

Como os valores levam 18 meses para serem levantados pelo IBGE e fornecidos para os órgãos estaduais, os números só podem ser publicados dois anos após a pesquisa. O que explica o lançamento de informações de 2016 em 2018.

Índices

A participação de Brasília no PIB nacional aumentou de 3,6% em 2015 para 3,8% em 2016. São Paulo (32,5%), Rio de Janeiro (10,2%) e Minas Gerais (8,7%) são as unidades federativas com maior participação. Acre (0,2%), Amazonas (0,2%) e Roraima (0,2%) registram os menores índices do ano anterior. Já no Centro-Oeste, a participação de Brasília passou de 37,2% para 40,6% nos mesmos períodos.

Veja a íntegra da pesquisa.

(Foto: Tony Winston/Agência Brasília)

-Publicidade - spot_img

More articles

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

-Publicidade - spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS