“UM MILHÃO ANTES DO PRIMEIRO BEIJO” | Blog do DÉLIO ANDRADE
24.5 C
Brasília
sexta-feira, 18 junho, 2021
spot_img

“UM MILHÃO ANTES DO PRIMEIRO BEIJO”



Pode parecer conto de fadas, mas não, esta é uma historia real do empreendedor, Arthur Diniz, que aos 19 anos concluiu a primeira etapa da sua vida, essa jornada começou aos 12 anos, como conta Arthur.

Comecei muito novo, enquanto os meninos da minha idade estavam jogando vídeo game e futebol, eu estava começando um pensamento, uma jornada sem saber ao certo como chegaria onde disse que iria chegar…
Mas já começo dando uma diga; se você quer chegar em algum lugar, a primeira coisa é começar a andar, a ética e seus valares mantidos, serão a linha pontilhada na pista para você não sair da estrada.

Você pode até me dizer, Arthur para quem não sabe para onde vai, qualquer caminho serve, concordo e discordo…

Por mas que Alice estivesse perdida naquele momento, e mesmo que ela errasse o caminho, era somente voltar e pegar o caminho certo.

Muitos só olham para meu sucesso, mas eu mesmo peguei caminhos que me fizeram quebrar, isso mesmo, quebrei duas vezes, mas aprendi que alguns caminhos levam para o lugar que eu não quero mais ir.

Hoje ajudo milhares de jovens que estão perdidos e precisam se encontrar, meu papel neste cenário, não é mostrar minhas conquistas, mas sim o sangrar que aconteceu e as vezes acontecem.

Logo você que lê essa matéria, saiba algo simples e obvio que pode mudar o seu jogo, se você tenteou fazer varias coisas e não deu certo, começa um monte de coisa e não termina nada, as pessoas não acreditam que você vai conseguir, e ate mesmo te abandonaram, eu tenho algo poderoso para te dizer.

Mas antes quero te fazer uma pergunta, quantas pessoas na sua jornada, digo até sua idade atual você já ajudou, isso mesmo , foi útil, doou seu tempo, sua energia carregando um pacote de supermercado, ou até fazendo uma limpeza na garagem ou quartinho de bagunça?

Lembrei de um episódio que conto no meu livro, em final de semana saímos de um almoço em família em um shopping em Brasília, quando chegamos no estacionamento uma mãe com o carro atrás do nosso, tentando desesperadamente trocar o pneu furado, a pressa dela acontecia porque esta pingando, pestes a começar a chover forte.

Fomos ajudar claro, mas para a surpresa minha e do meu pai, tinha dois adolescentes de aproximadamente 16 anos com um celular da moda, nas redes sociais enquanto a mãe estava quase morrendo de preocupação em tirar o carro de trás do nosso.

Olhei para meu pai e disse, devemos ajudar mesmo? E meu disse em alto é bom som “CLARO QUE SIM”; é claro, havia muitos motivos para ajudar, primeiro porque é um principio de Deus, segundo porque a pessoa do outro lado estava em desespero, e é claro, a gente precisava ir embora…

Mas quando terminamos meu pai soltou uma daquelas que eu cresci ouvindo, “Foi a senhora que deu estes lindos celulares modernos para seus lindos filhos? E a segunda, foi, eles merecem?

O que esta historia tem haver com suas conquistas Arthur? TUDO, aprendi muito cedo que , se quisesse viver algo extraordinário, precisava ser útil na vida das pessoas, você não precisa de um celular da hora ou mesmo um carrão para ser aceito, você sim, precisa ser útil.

Ser útil e relevante na vida das pessoas me fez viver tudo que eu sonhei, viajei e viajo por vários lugares do mundo, tenho um carrão, tenho minha empresa, e acreditem, ainda trabalho com meu pai e sócio, mas o mais importante de tudo isso, e no final de semana almoçar junto com toda a família.

Se você me perguntar hoje qual minha maior conquista, e diria que; ser braço forte em causas missionarias, ajudar jovens saírem do vicio, alimentar pessoas que precisam de assistência, ter empregado dezenas de famílias, e honrar a DEUS, que me da saúde e sabedoria para continuar firme, deixando os beijos da vida sempre para o segundo plano.

- Publicidade -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img

Últimas notícias