12.5 C
Brasília
segunda-feira, maio 27, 2024
-Publicidade-spot_img
spot_img

Mulher bomba aparece e detona Lula & PT

RELACIONADOS

DÉLIO ANDRADE
DÉLIO ANDRADEhttp://delioandrade.com.br
Jornalista, sob o Registro número 0012243/DF

Maria Christina Mendes Caldeira

A empresária Maria Christina Mendes Caldeira (foto), ex-mulher do ex-deputado mensaleiro Valdemar da Costa Neto, quem realmente manda no Partido da República, botou a boca no megafone. Denunciou ao Tribunal Superior Eleitoral e à Procuradoria Geral da República que o Partido dos Trabalhadores recebeu US$ 5 milhões de empresários de Taiwan em 2002, antes de Lula ser eleito presidente. A doação é ilegal e pode gerar a cassação do registro da legenda, de acordo com o Artigo 28 da Legislação Eleitoral. É Maria Christina quem negocia delação com o FBI para entregar offshore.

Entre portas

Maria Christina diz que a doação ilegal foi feita em dinheiro em São Paulo, na presença de Lula, Delúbio Soares e José Dirceu. Lula foi eleito presidente no ano seguinte

Lavanderia

O dinheiro, segundo a denunciante, foi entregue ao PT para facilitar a abertura de um escritório de grupo taiwanês em São Paulo. Há suspeita de lavagem.

Janot & Mendes

A denúncia já está nas mesas de Rodrigo Janot (Processo nº 00168024/2016) e do presidente Gilmar Mendes, do TSE, sob o registro nº 20160064220.

Blindado, só lá

No contexto da denúncia e em conversas com interlocutores, advogados e com o corpo consular dos EUA, fica claro que ela quer preservar Valdemar. Na lei americana, se ela delatar, ele fica livre de processos pela instituição jurídica “spousal privilege”

A conferir

Procurados ontem, as assessorias de Lula, do PT e de Valdemar ainda não se posicionaram. Delúbio não foi localizado e Dirceu está trancado na cela em Curitiba.

 

Por Leandro Mazzini, da Coluna Esplanda

-Publicidade - spot_img

More articles

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

-Publicidade - spot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS